Há solução para o casamento?

por António Pimenta de Brito

O problema do casamento está nos sonhadores, porque nos vendem promessas de felicidade fácil e barata, e nos cínicos porque nos matam o desejo e a esperança de um casamento exigente, mas feliz.

Muito se escreve sobre o tema de como ter um casamento de sucesso. São-nos dadas dicas específicas. Livros, encontros, pois há teorias para tudo. Afinal, a nossa felicidade está em jogo e queremos perceber como funciona alcançá-la. Sabemos da taxa de divórcio em Portugal, 70 em cada 100 casamentos dão em divórcio. No Brasil estes aumentaram em 160% na última década. Também é verdade que há vários condicionalismos e situações diferentes e que um divórcio é muitas vezes a única via para solucionar um problema, mas penso que todos concordamos que quanto menos divórcios, melhor. Como podemos então enfrentar esta tendência, aliada à do decréscimo a pique da natalidade? Falamos muito de resolver conflitos e atenuar danos depois do divórcio. Com certeza que é importante. E antes do casamento, o que podemos fazer? Falamos tanto de planos de negócios, de dieta, de treino, formação, carreira profissional, e porque não falamos de “planear-nos” e não apenas a boda de casamento, o bouquet e o vestido? Pode ser uma via?

Artigo completo aqui

Ver todas as novidades