Porque há tantos Solteiros?

por Gudrun Kugler

O número de relações baixa, o número de casamentos está na cave, as taxas de divórcio num nível recorde, os agregados familiares de solteiros num boom. Por que é que isto acontece?

Alguns ficam presos às actuais e populares reservas:

  • Segurança é escrito hoje em dia em maiúsculas: "Esta relação não é um risco muito grande?"
  • A liberdade é tudo: "Não se deve manter algumas portas abertas?"
  • Céu na Terra: "Será o candidato suficientemente perfeito?"
  • Companhia ou Alter-Ego: "Um bom companheiro, ele seria - mas eu estou à procura de uma alma gémea!"
  • "Pode o casamento realmente ter sucesso? Para a vida parece uma condenação!"
  • "Porquê casar: eu posso realmente ter tudo o que quero."
  • "Identidade como homem e mulher? O que têm os meus órgãos sexuais a ver comigo?"
  • A sociedade sem pai: "Quem deve tomar a mulher para casamento, se ele permanece perdido na procura da identidade?"

Alguns falham por causa de circunstâncias externas: quem vive numa pequena comunidade, quem está profissionalmente e no lazer sempre com as mesmas pessoas, trava poucos novos conhecimentos. Mesmo nos tempos em que os jovens homens tinham de ir à guerra, muitas mulheres eram deixadas sozinhas.

Alguns desfazem as suas próprias decisões: quem esteve durante muito tempo com o "errado", e traçou tarde demais uma linha, deitou-se na cama que fez. Quem tem deficits de carácter e não os trabalha, também poderia ter a própria culpa. Quem está muito ocupado para procurar e manter uma relação, não se surpreenda se ficar sozinho.

Alguns ficam solteiros por características involuntárias. Talvez se sintam tão pouco bonitos que não encontram ninguém. Talvez tenham uma doença que seria difícil para outro, ou não são psicologicamente estáveis o suficiente.

Estatisticamente, a maioria dos leitores vai mais cedo ou mais tarde encontrar-se no altar. Costuma dizer-se "Os casamentos são feitos no céu". Isso é certamente verdade. Mas tudo o que temos em nosso poder, devemos também contribuir para o "Sim"!

 

Gudrun Kugler é a fundadora e diretora da comunidade online de solteiros católicos kathtreff, à qual pertence o datescatolicos.org Gudrun Kugler é deputada no Parlamento em Viena de Áustria desde outubro de 2015. Os seus pelouros abrangem especialmente os direitos humanos, os assuntos europeus e a integração dos refugiados. Gudrun Kugler é casada, tem quatro filhos e publicou vários livros.

O livro "Ninguém é uma ilha" está desde Novembro de 2016 publicado em Português e chama-se "Casar com Sucesso". Adquira o seu exemplar aqui

Ver todas as novidades