Viagens de um Solteiro: Start-ups

por Marta Pimenta de Brito

Estava a viver em Boston quando uma vez decidi ir para passar um fim de semana a São Francisco. Exactamente na costa oposta - no Pacífico. Apanhei um voo numa sexta-feira após o trabalho e deveria voltar na segunda-feira de manhã. Directamente para o trabalho.

Chegada a São Francisco, depois de dormir no avião, fui fazer turismo. Havia muita chuva. Bom, eu tinha as minhas galochas comigo. Passei quase uma tarde a tentar chegar à San Francisco Golden Gate Bridge. Porque havia muitos autocarros para apanhar e eu não tinha um mapa perfeito, esta tarefa não era tão fácil.

Chegada lá, entrei pela ponte e perguntei-me: "É tudo?". Eu esperava um impacto maior. Na verdade prefiro a nossa ponte em Lisboa. A chamada "25 de Abril" por causa da nossa grande Revolução. São bastante semelhantes. Mas, na minha opinião, na nossa temos uma vista melhor sobre a cidade e o rio.

O que realmente gostei em São Francisco foram os grandes leões marinhos no peer 31. É bonito ver aqueles grandes animais, as suas famílias.

Outra experiência interessante foi ir a uma fábrica de chocolate. Sempre pensei que só existiam na Suíça. Mas na verdade também já tinha visitado uma em Portugal...

De volta a São Francisco, era domingo e meu avião de volta era de noite. Então perguntei onde ficava Palo Alto. Sempre tinha lido em livros de psicologia sobre a famosa Escola de Palo Alto de Terapia Familiar. E agora estava tão perto. Por que não ir? Então apanhei um comboio e fui lá.

Palo Alto é uma pequena aldeia, na verdade com apenas uma rua principal. Mas o que é maravilhoso lá é Standford. A Universidade de Standford. Uma enorme universidade. Um lugar tranquilo. Com muitos espaços verdes e paredes amarelas.

Não sei se estava tão calmo porque era domingo. O que sei é que posso entender como, num lugar tão tranquilo, tantas pessoas transformam ideias fantásticas em start ups.

Ver todas as novidades