Namorar e logo se vê ou namorar para casar? (4/4): Deus.

por António Pimenta de Brito (Outubro 2018)


Conheço tantas pessoas que querem sinceramente ser felizes mas já estão cansadas de tentar namoros para casar e não conseguem. As relações acabam. Eu compreendo-as, eu também passei por isso. Quantas relações tive e que não funcionaram e um dia pensei: chega. Vou tratar de mim, do meu crescimento pessoal e espiritual.

Por isso, encontrar a pessoa não tem a ver apenas com sorte e em tentar. Para os católicos, é essencial fazer esta busca com Deus na oração e na prática dos sacramentos. Pergunto-lhe, “O que queres de mim?”. A dada altura senti (e ouvi Dele, não gozo): “Quero que sejas feliz”. Esta noção da certeza do amor de Deus transformou a minha vida e percebi que acreditar nisto é um início. O início. Depois, é confiar, trabalhar e fazer o caminho. Se não for casar pode ser inventar algo ou fundar uma congregação ou apenas ser uma pessoa normal que fazendo coisas normais com amor, muda-se a si mesmo e o mundo.

 

Namorar e logo se vê ou namorar para casar? (1/4): Compromisso. 

Namorar e logo se vê ou namorar para casar? (2/4): Sonho.

Namorar e logo se vê ou namorar para casar? (3/4): Motivações.

Ver todas as novidades