Retiro de Santo António para Solteiros

Palavras dos participantes dos retiros anteriores:

"Foi um óptimo encontro",

"Gostei muito da iniciativa. Fiquei até surpreendido como é que com a qualidade dos recursos humanos disponíveis, havia tantos solteiro(a)s",

"Esta excelente iniciativa excedeu as minhas melhores expectativas pela oportunidade de conhecer pessoas novas muito interessantes ao vivo, de forma absolutamente original, acolhedora, segura e credível",

"Excelente iniciativa. Acho que todos terminámos a semana de uma forma muito agradável".

Mais aqui

Programa totalmente dedicado aos solteiros que procuram a sua cara metade, querem crescer espiritual e humanamente e conhecer outras pessoas. Inclui missa, jantar, duas palestras e tempo de oração, reflexão e convívio.

Programa em detalhe

18h30-19h30 Missa

19h30-20h30 Acolhimento, Jantar e Oração Inicial (Padre Pimentel)

20h30-21h00 Palestra 1: Os solteiros e o Verão (Psicóloga Marta Pimenta de Brito)

21h00-21h30 Reflexão e Oração Individual

21h30-22h00 Palestra 2: Encontrar a cara metade, felicidade e vocação (Psicóloga Marta Pimenta de Brito)

22h00-22h30 Reflexão e Oração Individual

22h30-23h00 Oração final e Despedida (Padre Pimentel)

Não se esqueça de trazer o seu bloco de apontamentos e uma caneta.  

Inscrições e contributo para a paróquia até 25 de Maio de 2018: 25€  

Para proceder à inscrição deve enviar um email para office@datescatolicos.org, com os seguintes dados:

1) Nome

2) Nº de telemóvel

3) Email

4) Profissão / Ocupação principal

5) Data de Nascimento

6) Zona de residência e trabalho

7) Intenção/Objectivo/Expectativa para o encontro

8) Como teve conhecimento do encontro 

- na resposta, receberá os dados necessários para proceder à transferência

- a inscrição será validada quando recebermos o comprovativo de pagamento  

Um pouco de história sobre o local do encontro: A fundação deste convento e igreja remonta ao séc. XVII, por iniciativa de um príncipe cristão do Ceilão, D. João de Cândia. Destronado dos seus domínios, ficou sob protecção dos frades franciscanos. Em 1625 recebeu as ordens sacras em Madrid, obtendo uma pensão eclesiástica de Filipe, rei de Espanha e de Portugal. Já em Lisboa, instituiu a Irmandade de Nossa Senhora da Porta do Céu, desconhecendo-se a data certa da fundação do convento sob a mesma invocação, em Telheiras, e que foi doado aos franciscanos. Decorrido mais de um século sobre a morte do fundador (1642), o edifício foi destruído pelo Terramoto de 1755. A sua reconstrução ficou concluída em 1768, reaproveitando-se muito da primitiva igreja de gosto tardo-maneirista. A partir do séc. XIX, tanto o convento como a igreja sofreram várias vicissitudes: em 1833, durante as guerras liberais, o convento foi ocupado pelas tropas do Marechal Saldanha e o seu recheio delapidado; em 1834, com a extinção das ordens religiosas, veio à posse do Estado e, em 1837, foi vendido em hasta pública, juntamente com a cerca; em 1910, a igreja foi encerrada e transformada em oficina de serralharia, enquanto que as dependências conventuais foram transformadas em taberna e habitação. A igreja voltou a reabrir ao culto em 1941, após obras de restauro. Em 2004 passou a ser igreja matriz paroquial com a criação da Paróquia de Telheiras. Este imóvel, reflectindo a traça singela das casas franciscanas, apresenta planta em forma de U, sendo composto por três paralelepípedos, constituindo a igreja, localizada a Poente, com a cabeceira voltada a Sul, a maior das actuais três alas. A classificação como Monumento de Interesse Público diz respeito apenas à Igreja de Nossa Senhora da Porta do Céu.

Coordenadas para chegar de metro ou de carro

Site da Paróquia

Organizador

Paróquia de Telheiras

Local do evento

Igreja de Nossa Senhora da Porta do Céu Estrada de Telheiras; Rua Filipe Duarte, Lisboa

Início

01.06.2018 - 18:30

Fim

01.06.2018 - 23:00


Todos os eventos